Senador Marcelo Castro busca equilíbrio entre insatisfeitos no MDB

O senador explicou ainda que apoia uma aliança do MDB com o PT e negou qualquer possibilidade de diálogo com a oposição

04 de maio de 2021, às 11:30 | Tarcio Cruz

Aumentou na última semana o “coro dos descontentes” internamente no MDB do Piauí, Inseguros pelo fim das coligações proporcionais os parlamentares da legenda pressionam o presidente do partido no Piauí, o senador Marcelo Castro por mais espaços na base governista. A pressão ficou evidente na reunião desta terça (03/05) na sede do partido.

Marcelo Castro confirmou que dará uma reunião com Wellington Dias para cobrar uma maior participação da sigla no governo

“Vou levar ao governador uma solicitação formal do MDB para mostrar a situação do partido, há algumas insatisfações e isso é natural e normal. A insatisfação dos deputados é natural porque todos os deputados que estão aqui, ao longo de toda a sua história, disputaram eleições em coligações proporcionais e as coligações deixaram de existir isso traz uma intranquilidade, uma ansiedade, uma apreensão que é absolutamente normal e, evidentemente, que todos estão preocupados" disse o Senador.

O senador explicou ainda que apoia uma aliança do MDB com o PT e negou qualquer possibilidade de diálogo com a oposição.

“Isso é uma coisa que vamos discutir primeiro internamente para saber o que queremos e o que queremos é disputar as eleições com chances de vitória de reeleger os que estão aí e eleger mais alguns. Vamos procurar a melhor estratégia e se o governador puder ajudar é bom também, não existe qualquer possibilidade de acordo com a oposição”, finalizou Marcelo.

Senador Marcelo Castro