REPUBLICANOS espera “tudo ou nada” da reforma para 2022 no PI

Gessivaldo Isaías se “agarra” na possibilidade de que o "DISTRITÃO", formato que elege os 30 mais votados, para analisar o futuro do partido

21 de julho de 2021, às 10:00 | Tarcio Cruz

Um cenário de “tudo ou nada”, Esse é o caminho do REPUBLICANOS no Piauí. Em compasso de espera pela aprovação da reforma eleitoral que deve ocorrer já no mês de agosto na Câmara, o Deputado Estadual Gessivaldo Isaías se “agarra” na possibilidade de que o "DISTRITÃO", formato que elege os 30 mais votados, para analisar o futuro do partido no Estado.

Sem capacidade para formar uma chapa para deputado federal e com muitas dificuldades para a construção de uma chapa para estadual após o fracasso nas eleições municipais, o partido deve enfrentar dificuldade para reeleger tanto o Deputado Federal Flávio Nogueira, quanto o filho, o Deputado Estadual Flávio Nogueira Júnior. A inviabilidade eleitoral, porém, é descartada por Gessivaldo Isaías.

“Eu tenho um presidente estadual e duas pessoas que representam muito bem e que estão na perspectiva de virem para o partido, o Deputado Federal Flávio Nogueira e o Deputado Estadual Flávio Nogueira Júnior. Estamos conversando, daqui para outubro tudo pode acontecer, temos várias situações na Câmara e no Congresso para construir a chapa de estadual e federal”, concluiu o parlamentar.

Deputado Gessivaldo Isaías / FOTO: Portal GP1