“Não há motivo para o impeachment de Bolsonaro”, diz Elmano

"Não vejo por que um homem eleito democraticamente com uma maioria significativa ser afastado do cargo", diz o parlamentar

27 de janeiro de 2021, às 12:30 | Tarcio Cruz

O senador Elmano Férrer (PROGRESSISTAS-PI) negou em entrevista ao Programa Bom Dia Meio Norte, na manhã desta quarta (27/01), que haja qualquer fundamento legal para o Impeachment do presidente da República Jair Bolsonaro. 

Nos últimos meses o presidente tem sido alvo de uma série de pedidos de Impeachment devido a sua condução da política sanitária nacional durante a pandemia.  

Até o ano passado, os pedidos de afastamento de Bolsonaro estavam restritos a partidos de esquerda, porém nas últimas semanas outros setores avaliam uma possível destituição do chefe do executivo. 

Na última terça, um documento assinado por 380 pessoas ligadas a igrejas cristãs, incluindo católicas, anglicanas, luteranas, presbiterianas, batistas e metodistas, além de 17 movimentos cristãos, pediu o Impeachment de Bolsonaro.

Elmano, porém pediu união dos setores políticas e destacou a força das instituições democráticas no Brasil.

“Não há clima, nem ambiente político, nem fundamentação jurídica para tanto. Nós precisamos nos unir, precisamos do diálogo para superar questões dessa natureza. Não vejo motivo para falar em Impeachment do atual presidente da República. Independentemente disso, isso faz parte do processo democrático, estamos vendo as instituições sólidas. A própria sociedade tem interesse na Democracia, não vejo por que um homem eleito democraticamente com uma maioria significativa sofrer Impeachment. Não há nenhum partido, a não ser os pequenos fazendo esse tipo de pleito. Não há fundamento nenhum em falarmos em Impeachment”, disse o senador.

Senador Elmano Férrer


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS