Deputados do PT falam da volta do PSB e da reorganização da base

Nos próximos meses, o PT vai se reunir com os aliados e definir quais as siglas que vão compor a chapa para a eleição do próximo ano

21 de abril de 2021, às 15:30 | Tarcio Cruz

Integrantes do Partido dos Trabalhadores no Piauí comentaram o retorno do PSB e a indicação do novo Secretário de Defesa Civil do Estado pelo ex-governador de Wilson Martins. 

Visto como uma “reposição” pontual ao rompimento do PROGRESSISTAS, a chegada do PSB deflagra o início do processo de reorganização da base.

Nos próximos meses, o PT vai se reunir com todos os aliados e definir quais as siglas que vão compor a chapa que disputará a eleição do próximo ano.

O Deputado Estadual Franzé Silva lembrou o histórico de parceria entre PSB e PT tanto no Piauí como no âmbito nacional e destacou que além da viabilidade eleitoral, a reorganização da base será conduzida para dar governabilidade ao fim do quarto mandato de Wellington Dias.

“O PSB a nível nacional historicamente tem um leque de alianças com as esquerdas, principalmente com o PT. Aqui já fomos parceiros, infelizmente aconteceu um afastamento, mas essa é uma reaproximação natural. Precisamos reorganizar a base, trabalhar de forma sustentada pensando na governabilidade e no embate eleitoral de 2022”, disse o parlamentar.

Já o Secretário de Cultura, Fábio Novo, falou em matemática e destacou que o partido pode conquistar outros grupos.

“Tivemos o rompimento do senador Ciro Nogueira, na política é matemática, se você perde um grupo aqui você precisa conquistar outro, por isso estamos fechando o retorno a base do ex-senador Wilson Martins” concluiu Fábio Novo.

Deputado Estadual Fábio Novo