Suspeito de assalto a banco é preso com R$ 170 mil em Teresina

Ítalo vinha sendo investigado desde outubro do ano passado quando outros suspeitos pelo mesmo crime foram presos o entregaram

12 de janeiro de 2021, às 09:00 | Ravi Marques

Um homem, identificado como Ítalo Soares de Sousa e Silva, foi preso em flagrante em uma casa no Bairro São João, Zona Leste de Teresina. O homem estava com R$ 170 mil em cédulas manchadas com tinta vermelha, o que confirmou a participação dele em assaltos a bancos e arrombamento a caixas eletrônicos. A tinta vermelha é um dispositivo de segurança que é acionado quando algum terminal eletrônico é explodido.

A prisão foi realizada por uma equipe do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO). Os policiais informaram que Ítalo vinha sendo investigado desde outubro do ano passado quando outros suspeitos pelo mesmo crime foram presos o entregaram.

Com provas suficientes, a polícia solicitou a justiça a prisão de Ítalo. Ao cumprir o mandado de prisão, o suspeito não abriu a porta aos policiais. Os agentes acabaram arrombando a porta e prenderam Ítalo e apreenderam as cédulas.

A prisão foi realizada pelo GRECO / FOTO: Portal GP1


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS