Primas são mortas a tiros no Piauí; suspeita de queima de arquivo

Segundo a polícia, a primeira a ser morta foi Edilene. Jayane tentou correr mas foi alcançada e assassinada também

27 de novembro de 2020, às 10:23 | Ravi Marques

Duas primas, identificadas como Edilene Silva e Jayane Silva, foram assassinadas a tiros na Comunidade Jiló, na cidade de Padre Marcos, sul do Piauí. 

Testemunhas informaram à polícia que as vítimas estavam dentro de uma casa quando uma motocicleta, com dois homens, estacionou na frente da residência. Os suspeitos desceram do veículo, entraram no imóvel, atiraram contra as primas, que morreram no local. Em seguida, os assassinos fugiram.

Segundo a polícia, a primeira a ser morta foi Edilene. Jayane tentou correr mas foi alcançada e assassinada também. Segundo informações de moradores, o alvo dos bandidos seria a Edilene, porque ela presenciou a morte do marido tempos atrás. O crime contra ela seria queima de arquivo. A prima foi morta porque estaria no lugar errado e na hora errada, presenciando o assassinato de Edilene.

A Polícia Civil investiga o duplo homicídio. Os criminosos continuam foragidos. Nenhum suspeito foi preso até o momento.

Primas mortas