Mais de 900 detentos tem prisão domiciliar prorrogada no Piauí

O benefício foi concedido em razão da pandemia da COVID-19 e dos riscos da proliferação da doença em espaços de confinamento

01 de janeiro de 2021, às 13:00 | Ravi Marques

O desembargador Erivan Lopes concedeu liminar favorável  resposta ao pedido de habeas corpus coletivo feito pela Defensoria Pública do Piauí para prorrogar a prisão domiciliar de mais de 900 detentos do regime semiaberto para o dia 20 de janeiro de 2021. O retorno dos presos estava previsto  para hoje, dia 01° de Janeiro.

O benefício de prisão domiciliar foi concedido aos detentos em razão da pandemia da COVID-19 e dos riscos da proliferação da doença em espaços de confinamento. O desembargador apontou que a Secretaria de Justiça do Estado não apresentou um plano de segurança em razão da pandemia para o retorno dos detentos.

Tribunal de Justiça do Piauí


Coluna Passando a Régua

REDES SOCIAIS