Homem é preso suspeito de golpes em restaurantes e clínicas no PI

Delegacia Regional de Uruçuí localizou o investigado, no município de Benedito Leite (MA), e cumpriu o mandado de prisão

10 de dezembro de 2020, às 16:18 | Ravi Marques

A Polícia Civil do Estado do Piauí, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, com apoio operacional da Delegacia Regional de Uruçuí, cumpriu mandado de prisão preventiva contra Juandyson Silva Dias na cidade de Buriti Leite (MA), que já havia sido preso em flagrante pela DRCI, em Teresina, por aplicar golpe do falso comprovante de transferência em restaurantes da zona leste da capital.

Na ocasião a justiça homologou o flagrante e arbitrou fiança. O investigado obteve Habeas Corpus no Tribunal de Justiça do Piauí, que lhe concedeu a liberdade, mesmo sem o recolhimento da fiança, em razão da pandemia da COVID-19. Após investigações, a polícia identificou que logo após ser posto em liberdade, o homem voltou a cometer o mesmo crime, desta vez contra uma loja de comércio eletrônico de São Paulo.

As novas provas foram apresentadas ao Poder Judiciário, que decretou a nova prisão do investigado. A Delegacia Regional de Uruçuí localizou o investigado, no município de Benedito Leite (MA), e cumpriu o mandado de prisão. O homem, no interrogatório, confessou a prática dos crimes.

"Em Teresina foram feitas aproximadamente dez vítimas, entre consultórios odontológicos, clínicas de estética, óticas, panificadoras e restaurantes. Novas vítimas devem procurar a DRCI – Delegacia de Repressão a Crimes de Informática para o registro da ocorrência", explica o Delegado Anchieta Nery.

Juandyson Silva Dias