Homem é condenado a prisão por estuprar jovem com paralisia no PI

Segundo a denúncia, a violência sexual ocorreu por um mês, em algumas ocasiões, obrigando a garota a ingerir bebida alcoólica

07 de dezembro de 2020, às 14:00 | Ravi Marques

Foi condenado a 13 anos e 10 meses de prisão em regime fechado, Paulo Henrique de Oliveira Candido, acusado de estuprar uma adolescente de 13 anos com paralisia cerebral. 

O crime, segundo a denúncia, aconteceu em fevereiro deste ano, dentro do Escolão do Bairro Mocambinho, na Zona Norte de Teresina, local onde o acusado trabalhava e vítima estudava. A condenação é da juíza Lisabete Maria Marchetti, da 6ª Vara Criminal de Teresina.

Ainda segundo a denúncia, Paulo Henrique violentou sexualmente da adolescente por um mês, em algumas ocasiões, obrigando a garota a ingerir bebida alcoólica. 

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente investigou o caso. Paulo Henrique não confessou o crime, mas a vítima passou por exames de corpo de delito, que confirmaram os estupros e a autoria do acusado.

 A condenação é da juíza Lisabete Maria Marchetti