MENU mobile

Piauí terá recursos para reformar barragens do Bezerro e Emparedado

De acordo com o diretor do IDEPI, Leonardo Sobral, foi montada uma equipe técnica de prontidão para monitorar os grandes reservatórios

Reportagem de Wesslley Sales

Em 2018 a possibilidade de rompimento da Barragem do Bezerro, em José de Freitas, precisou de uma ação emergencial. 

Agora, esta e a Barragem do Emparedado, em Campo Maior, já tem recursos assegurados pelo Governo Federal para reforma completa. 

De acordo com o Diretor do Instituto de Desenvolvimento do Piauí, Leonardo Sobral, foi montada uma equipe técnica de prontidão para monitorar os grandes reservatórios no Estado, principalmente durante o período chuvoso.

Estamos monitorando vinte e quatro horas por dia a situação das maiores barragens no Piauí.

PORTAL DOUGLAS CORDEIRO - Qual a situação das barragens neste período em que as chuvas retornam, principalmente com força em alguns locais?

LEONARDO SOBRAL - Prevendo o período chuvoso, desde o final do ano passado montamos uma comissão de engenheiros barragistas, civis, agrimensores e geólogos. O objetivo é de fazer diagnóstico após inspeções no local para sabermos quais barragens há necessidade de alguma manutenção corretiva, uma vez que a preventiva é permanente. Estamos monitorando vinte e quatro horas por dia a situação das maiores barragens no Piauí.

PORTAL DOUGLAS CORDEIRO - No caso da Barragem do Bezerro, em José de Freitas, que em 2018 ameaçava romper e precisou de um trabalho emergencial? Há casos onde o IDEPI tem monitorado mais de perto?

LEONARDO SOBRAL - Sim. Na Barragem do Bezerro foi realizado um trabalho emergencial por conta do transbordamento naquele momento. A notícia boa é que no ano passado, após proposta feita pelo Governo do Estado ao Governo Federal, tivemos nosso plano de trabalho aprovado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional e para 2020 temos recursos no Orçamento da União para reforma da Barragem do Bezerro, em José de Freias e do Emparedado em Campo Maior. Os recursos foram disponibilizados para o Governo do Estado através da Defesa Civil em razão do ocorrido em 2018. Outra boa notícia é que a Barragem de Atalaia, em Corrente, está 81% concluída. Também viabilizamos junto ao Governo Federal recursos na ordem de R$ 12 milhões para enfim podermos fechar o maciço e concluir esta barragem tão importante para o Sul do Estado.

Além dos técnicos irem aos locais, atendemos também solicitação da população do interior para que façamos acompanhamento diário de cada barragem.

PORTAL DOUGLAS CORDEIRO - Para Barragem do Bezerro e Emparedado já estão disponibilizados os recursos?

LEONARDO SOBRAL - Estão resguardados para o Orçamento 2020 e acredito que a Defesa Civil já deva estar tomando as providências para contratação de empresa especializada para recuperar as duas barragens.

PORTAL DOUGLAS CORDEIRO - Além desses casos específicos, todos os outros estão dentro da normalidade?

LEONARDO SOBRAL - Em relação a outras barragens o monitoramento está sendo feito. Quinzenalmente temos relatórios sobre as principais barragens e identificada uma necessidade mais emergencial vamos elaborar o projeto-base para podermos também recuperar as devidas providências. Além dos técnicos irem aos locais, atendemos também solicitação da população do interior para que façamos acompanhamento diário de cada barragem. Neste período chuvoso é importante este acompanhamento mais de perto em nossas barragens, um trabalho de prevenção.

PORTAL DOUGLAS CORDEIRO - Então, existe um canal direto com o IDEPI para que a população possa enviar fotos e vídeos de algum problema nas barragens?

LEONARDO SOBRAL - Podem entrar em contato com o IDEPI, Defesa Civil, Meio Ambiente nos municípios e aqui em Teresina, para identificarmos os casos.

© 2021 . Portal Douglas Cordeiro - Os Bastidores da Notícia. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reeescrito ou redistribuido sem autorização.