MENU mobile

Major Diego defende mudar secretarias e colégio militar em Teresina

De acordo com o candidato, a extinção de secretarias levaria a uma economia de 300 milhões de reais por ano

Reportagem de Tarcio Cruz

O segundo candidato da nossa série de entrevistados a disputa pela prefeitura de Teresina é o militar Major Diego, candidato à prefeitura pelo PPATRIOTA. 

Com forte influência da Segurança Pública em seu discurso, Major Diego revelou que irá fazer uma profunda reforma administrativa, caso seja eleito em Teresina. A extinção de secretarias levaria, segundo ele, a uma economia de 300 milhões de reais por ano.

Além da reforma administrativa o candidato propõe a flexibilização do acesso dos teresinenses as armas de fogo e a militarização do ensino no município.

Quem quiser ter uma arma a prefeitura de Teresina irá diminuir os impostos sobre armas e munições, para que a população de bem possa se defender.

PROTEÇÃO COM AS ARMAS

O PT e o PSDB desarmaram a população, em 2003 começou isso, tomaram seus empregos e expulsaram as empresas levando a maioria do nosso povo a miséria, essa é forma que desenvolveram para escravizar a população. O direito de se defender, de ter uma arma para se proteger é um direito natural, as pessoas precisam resgatar essa liberdade, lutamos muito por isso. Como prefeito de Teresina vamos fazer campanhas para que as pessoas aprendam a se defender, se quiser ter uma arma a prefeitura de Teresina irá diminuir os impostos sobre armas e munições, para que a população de bem possa se defender.

SEGURANÇA

Temos que reagir, é hora de Teresina assumir a sua responsabilidade constitucional com a segurança pública, a guarda municipal tem que agir na defesa da sociedade, não para constranger o comerciante que queira trabalhar. Queremos fazer concurso para guarda municipal, valorizar a guarda municipal com plano de cargos, carreiras e salários, como eu fiz quando coordenei o ronda cidadão.

REFORMA ADMINISTRATIVA

Temos nomes bons em todas as áreas para montar o secretariado, nosso plano de governo foi feito por pessoas voluntárias, muitas pessoas boas estão se aproximando. Temos uma população de aproximadamente 850 mil habitantes, destes 450 mil estão economicamente ativos. Desses apenas 200 mil estão empregados. Teresina precisa ser repensada, para isso propomos a reforma administrativa, reorganizar Teresina e fundir secretarias, para isso economizar 300 milhões de reais ao ano, dinheiro suficiente para implementarmos as políticas do nosso plano de governo principalmente na segurança.

Na área da educação vamos aceitar os colégios militares que o Governo Federal tem ofertado.

ECONOMIA

Queremos gerar 100 mil empregos, essa é a nossa proposta com um pacto pela segurança pública. Nenhuma empresa quer se instalar em uma cidade onde 400 pessoas são mortas por ano, o empreendedor abre sua empresa e é assaltado, vamos mudar essa realidade para transformar Teresina uma cidade atrativa. Com a paz e a tranquilidade faremos um pacto pela economia. Mais de 80% do território de Teresina é rural, deste quase 60% pertence a prefeitura, terras que não servem para nada, apenas para especulação imobiliária. Precisamos entregar essas terras para quem queira produzir, gerar emprego com agronegócio.

ACESSIBILIDADE

Temos 122 mil pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida que estão desamparadas, temos 70 mil idosos em Teresina que estão desamparados, o grande desafio do próximo gestor será resgatar a paz e a tranquilidade para estes que mais precisam.

EDUCAÇÃO

Na área da educação vamos aceitar os colégios militares que o Governo Federal tem ofertado, somente com esses colégios atenderíamos três mil crianças que teriam a oportunidade de estudar em um colégio de excelência. Queremos nos solidarizar com os professores que há meses estão em greves. Quero assumir o compromisso com os professores que vamos pagar acima do piso, vamos valorizar os professores e todos os profissionais da educação que são a médio e longo prazo as pessoas que garantem o nosso futuro.

FOTOS: Portal GP1

© 2021 . Portal Douglas Cordeiro - Os Bastidores da Notícia. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reeescrito ou redistribuido sem autorização.