MENU mobile

Fábio Sérvio propõe gestão tecnológica na Prefeitura de Teresina

O candidato revelou que vai promover uma reforma administrativa para trazer maior eficiência nos gastos públicos

Reportagem de Tarcio Cruz

O empresário Fábio Sérvio (PROS) é o nono entrevistado do Portal Douglas Cordeiro na sequência de entrevistas com os candidatos à Prefeitura de Teresina.  

Fábio Sérvio defende como principal plataforma de campanha uma gestão integrada com a tecnologia e as plataformas digitais.

O candidato revelou que vai promover uma reforma administrativa para trazer maior eficiência nos gastos públicos, e o empreendedorismo social podem ser os caminhos para a cidade superar a crise econômica que assola o mundo no pós-pandemia.

Em 2018 foi 180 mil de investimento na área rural de Teresina, em um orçamento de 3,2 bilhões não é nada.

ECONOMIA

A gente entrou em um círculo pós-pandemia, a gente fala muito em gerar emprego e renda, e se fala pouco em gerar empreendedorismo. O grande vetor de crescimento econômico de uma cidade é o empreendedorismo, temos que falar antes disso. Temos uma dificuldade de liberdade econômica em Teresina, somos o último local do Brasil em liberdade econômica. Isso significa dificuldade de segurança jurídica e excesso de burocracia.  

INVESTIMENTO

Em 2018 foi 180 mil de investimento na área rural de Teresina, em um orçamento de 3,2 bilhões não é nada. Quando vamos para o desenvolvimento de indústria em Teresina, em 2018 foram três mil reais, isso para atração da indústria, por isso temos só duas empresas no polo industrial norte. Precisamos criar uma cultura de empreendedorismo na cidade.

REFORMA ADMINISTRATIVA

Eu reformaria totalmente esse modelo de secretarias desta atual gestão, criaria a secretaria do agronegócio, acho que é importante. Extinguiria várias outras secretarias, a gente precisa entender que é uma caixa-preta na prefeitura de Teresina o custeio da máquina. Temos uma dificuldade muito grande com o Portal da Transparência, de saber para onde está indo os custos, temos que medir a eficiência destas secretarias. Por exemplo a violência, Teresina não tem monitoramento eletrônico.

Tem antibiótico que você abriu e tem o tempo de usar, se não fizermos um controle e um gestão inteligente, tudo se perde.

EDUCAÇÃO

Se a educação estivesse boa ao longo dos últimos 34 anos nós teríamos 27% da população em estado de pobreza em Teresina? Basicamente se foca em português e matemática. Matérias importantes como ciências e geografia não são prioridades. Estamos em um processo de evolução educacional, e estamos tendo dificuldades. O mundo mudou, a tecnologia evoluiu, e a educação de Teresina parou. Não é só estar disponível no celular, quando a gente fala de digitalização é isso se tornar uma solução completa. Precisamos interligar todos os setores, segurança, inteligência.

GERENCIAMENTO DIGITAL

A máquina pública com um orçamento de 3,2bilhões tem a capacidade de incrementar dentro da gestão um gerenciamento de dados, uma Big Data. Mapeando o número de cadeirantes na cidade, o deslocamento dessa pessoa, a especialidade de uma cidade inteligente nos permite ver com precisão as soluções da cidade.  

CONTROLE SOCIAL

Precisamos ter um controle social dos gastos públicos, o controle da dispensa de medicamentos na rede municipal. Tem antibiótico que você abriu e tem o tempo de usar, se não fizermos um controle e um gestão inteligente, tudo se perde.

Fotos: Portal GP1

© 2021 . Portal Douglas Cordeiro - Os Bastidores da Notícia. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reeescrito ou redistribuido sem autorização.