Governadores se reúnem com a ANVISA para liberação da Sputinik V

O imunizante possui 94% de eficácia, o que está sendo confirmado diariamente pelos 51 países que estão aplicando a vacina

05 de abril de 2021, às 16:00 | Cobertura Coronavírus

O governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste informou que os governadores dos estados nordestinos terão uma reunião com a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para discutir sobre autorização de importação e uso emergencial da Sputinik V. O encontro será nesta terça-feira (05/04), por meio de videoconferência. A previsão é de que 37 milhões de doses do imunizantes cheguem nos próximos meses.

A Sputinik V possui 94% de eficácia, o que está sendo confirmado diariamente pelos 51 países que estão aplicando a vacina. 

“É uma comprovação na prática do sucesso da vacina russa”, afirmou Wellington Dias.

Segundo a própria Anvisa, os processos de pedidos de importação da Sputnik V estão sendo analisados de acordo com a Resolução da Diretoria Colegiada da ANVISA (RDC) 476/2021, que estabelece os procedimentos e requisitos para submissão de pedido de autorização excepcional e temporária para importação e distribuição de medicamentos e vacinas contra COVID-19.

A norma é específica para o enfrentamento da emergência de saúde pública de importância nacional decorrente do surto do novo coronavírus (SARS-CoV-2), nos termos da Lei nº 14.124, de 10 de março de 2021.

A compra das doses foi realizada no último dia 15 de março, virtualmente, com a presença do governador Wellington Dias, do diretor-presidente do Fundo Soberano Russo, Kirill Alexandrovich Dmitriev e o governador da Bahia, Rui Costa.

Governadores acertaram a compra de 37 milhões de doses