Em Teresina, pacientes mudam de hospital após queda no oxigênio

A reposição do oxigênio ainda foi feita na manhã, mesmo assim, a transferência foi feita para não correr riscos

29 de março de 2021, às 11:45 | Cobertura Coronavírus

De acordo com o Presidente da FMS (Fundação Municipal de Saúde), Gilberto Albuquerque, 12 pacientes com COVID-19 foram transferidos do Hospital do Buenos Aires, Zona Norte, para o Hospital do Dirceu, Zona Sudeste, em consequência da diminuição nos níveis de oxigênio.

Segundo o médico, no Hospital do Buenos Aires o oxigênio atingiu a margem de segurança que é de 15% e a recomendação, neste caso, caso não ocorra a reposição, é a transferência para evitar riscos. 

A reposição do oxigênio ainda foi feita na manhã, mesmo assim, a transferência foi feita para não correr riscos.

O Hospital do Buenos Aires tem um consumo diário de 170 cilindros de oxigênio mas não houve a necessidade de utilizar o estoque de reserva.

No Hospital do Dirceu foi instalado ontem um novo tanque de oxigênio com maior capacidade de reserva. 

Dr. Gilberto Albuquerque