COE projeta aumento de casos e de mortes por COVID-19 em Teresina

A taxa de transmissibilidade, em Teresina, está em 1,18, isso significa que 100 pessoas contaminadas transmitem a doença para outras 118

29 de março de 2021, às 15:00 | Cobertura Coronavírus

Uma análise feita pela FMS (Fundação Municipal de Saúde) sobre o cenário da pandemia, em Teresina, nos próximos dias, aponta para um aumento no número de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus.

Um outro dado preocupante é a projeção aponta para uma manutenção na tendência de alta no número de mortes pela COVID-19.

O estudo leva em conta os números atuais, índice de isolamento social e o nível de letalidade da doença levando em conta os casos mais graves.


LEIA TAMBÉM

Em Teresina, pacientes mudam de hospital após queda no oxigênio

Governo aumenta fiscalização nas divisas do Piauí com o Ceará

Piauí chega a 4.028 mortes na pandemia. Foram 32 óbitos em 24h


A avaliação foi feita com base na 12ª semana epidemiológica, que vai de 21 a 27 de março e mostra que os novos casos de COVID-19 cresceram consideravelmente nas últimas seis semanas.

Atualmente, a taxa de transmissibilidade, em Teresina, está em 1,18, isso significa que 100 pessoas contaminadas transmitem a doença para outras 118.

Após a conclusão deste levantamento, não foi divulgado se o COE (Comitê de Operações Emergenciais) da capital vai sugerir medidas mais restritivas.

Avaliação foi feita pelo COE de Teresina