Trecho da Av. Centenário será interditado nesta quinta-feira (25)

Durante as obras, a concessionária vem executando um planejamento que visa causar o menor impacto na mobilidade urbana

24 de novembro de 2021, às 17:00 | Editoria de Municípios

Com a proposta de aumentar a cobertura de esgoto na zona urbana da capital, a Águas de Teresina segue a todo vapor com o projeto que prevê a instalação de 4.500m de rede coletora de esgoto, só na Avenida Centenário, com uma capacidade de coleta de 82 litros de esgoto por segundo, na região do Aeroporto. A concessionária está investindo R$ 23 milhões nesse pacote de obras na Zona Norte, com previsão de entrega no primeiro semestre de 2022.

Para continuar avançando, mais um trecho será interditado na Avenida Centenário, a partir desta quinta-feira (25/11), entre a Avenida União e a Rua Batalha, nas proximidades do Motel Baobás. Essa nova interdição ocorre no sentido contrário da avenida, onde já estão ocorrendo as obras (entre a União e Batalha) e está prevista para ocorrer até o dia 03 de dezembro. Na oportunidade, serão implantados mais 350m de rede coletor de esgoto. Até o momento, já foram instalados 870m de tubulação.

A STRANS (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito) fará todo o suporte de sinalização e ordenamento do trânsito no trecho para garantir a segurança da população. Paralelo a esta ação, a Águas de Teresina tem feito a comunicação prévia no sentido de orientar quem circula pela área. Durante todo o cronograma de obras, a concessionária vem executando um planejamento que visa causar o menor impacto possível na mobilidade urbana da região.

“O Bairro Aeroporto é um dos contemplados por esta fase de obras aqui na região do Lagoas do Norte e a compreensão da população é importante, pois trabalhamos com o objetivo de proporcionar melhores condições sanitárias aos moradores dessa região. Então, na medida em que o trabalho avança, há a necessidade dessas intervenções para que possamos implantar as redes de esgoto. Para além do transtorno momentâneo, os benefícios de uma cidade saneada são duradouros”, detalha Cassiano Costa, gerente de Engenharia da Água de Teresina.

ORIENTAÇÕES DE PERCURSO

Neste período de interdição, o motorista que irá transitar no sentido Centro-Norte da Avenida Centenário deverá fazer a conversão à direita na Rua Batalha, e uma nova conversão à esquerda na Rua 1º de Maio; seguirá até a Avenida União, onde poderá realizar uma conversão à esquerda e seguir até a Avenida Centenário ou seguir pela Rua 1º de Maio. O motorista que irá transitar no sentido Norte-Centro seguirá o fluxo normal.

As intervenções no trânsito seguirão pelas próximas semanas, uma vez que os segmentos serão sucessivos até que as obras avancem nas proximidades da Praça do Itaperu. A Águas de Teresina fará a comunicação dos novos trechos interditados e das novas rotas de desvios na medida que as obras avançarem, sempre em parceria com a STRANS.

“Com a instalação total da tubulação, todo esgoto será encaminhado para uma estação elevatória e de lá bombeado para a estação de tratamento de esgoto, para ser devolvido com uma carga orgânica muito reduzida para o meio ambiente. São impactos positivos no que se refere à preservação ambiental. Além disso, eliminar os esgotos a céu aberto reflete diretamente na qualidade de vida, saúde e dignidade das pessoas”, destaca Cassiano Costa, gerente de Engenharia da Água de Teresina.

BALANÇO DOS INVESTIMENTOS

Até o momento, já foram investidos R$ 15 milhões na ampliação da cobertura de esgotos na capital. A Estação Elevatória de Esgoto Aeroporto está com 60% dos trabalhos executados e a Estação Elevatória de Esgoto Castelo do Piauí está com 40%. Já foram implantados 2.600 metros de rede de recalque, o que representa 60% do total a ser executado. Ao longo de todo o contrato de subconcessão, a Águas de Teresina investirá o total de R$ 1,7 bilhão. Deste montante, 80% será para a ampliação do serviço de esgotamento.

O novo trajeto será orientado pela STRANS