Governo do Piauí vai recuperar todas as rodovias até o fim do ano

Serão investidos R$ 780 milhões nas obras que beneficiarão todos os territórios de desenvolvimento do Estado

10 de março de 2021, às 08:00 | Editoria de Municípios

O Governo do Piauí vai restaurar todas as rodovias estaduais até o final de 2021. Os investimentos fazem parte do PRO Piauí Rodovias, plano de recuperação de estradas lançado nesta terça-feira (09/03), em solenidade virtual, pelo governador Wellington Dias e pelo coordenador do PRO Piauí e secretário de Estado da Fazenda, Rafael Fonteles. 

Serão investidos R$ 780 milhões nas obras que beneficiarão todos os territórios de desenvolvimento do Estado.

Ao longo dos últimos 20 anos, o Piauí mais que quadruplicou sua malha rodoviária estadual. Saiu de 1.500km em 2002 para 6.500km em 2021. Segundo o secretário Rafael Fonteles, nesse primeiro momento, o PRO Piauí Rodovias focará os investimentos na recuperação de trechos. 

“Estamos lançando hoje, a parte de recuperação de trechos das rodovias já implantadas e em um segundo momento será lançado um plano de novas rodovias. Em 2002, quando o governador assumiu seu primeiro mandato, o Piauí só tinha 1.500km de rodovias estaduais asfaltadas e só 66 cidades eram ligadas por asfalto. Hoje, são mais de 6.500km, ou seja, mais de quatro vezes a quantidade de 20 anos atrás e temos 223 cidades ligadas por asfalto”, afirmou Fonteles.

Como a malha rodoviária aumentou muito, o secretário ressalta que muitos trechos apresentam problemas de manutenção, por isso a necessidade de restauração. 

“Hoje, nós temos um problema de manutenção, dado que a malha aumentou muito. Então, esse plano vai recuperar todos os trechos nos 12 territórios ao longo deste ano. Claro que não dá para você fazer todos os trechos ao mesmo tempo, mas existe um cronograma e, até o final deste ano, mais de 6.000km serão recuperados. Em vários trechos, serão restaurações ou reconstruções, pois têm mais de 10 anos de uso”, afirma o secretário.

O governador Wellington Dias destacou a importância do plano para o desenvolvimento do estado e geração de emprego. 

“O Piauí cuida de 39 áreas de interesse da população. Algumas são mais desafiadoras. Precisamos gerar emprego. Gerar emprego é a solução: faz o dinheiro circular na economia. Estamos falando aqui de R$ 780 milhões de recursos do estado, da bancada e de financiamentos”, afirmou.

Dias ressaltou que, apesar de o plano ser lançado hoje, o Piauí já vem trabalhando na manutenção de suas estradas. 

“Até dezembro, foram recuperados 800 km. Não está começando agora, não. É mais uma etapa. Estou feliz de, num momento duríssimo, anunciar um plano com 780 milhões em investimentos. Em 2022 vamos entregar toda a malha recuperada. É um desenvolvimento pensando no social e econômico. Já temos na saúde, educação e vamos ter na habitação também. É um conjunto de programas pensando na geração de empregos”, acrescentou.

Wellington Dias frisou ainda a participação dos parlamentares piauienses na busca pelos recursos. 

“Temos uma importante participação da bancada do Piauí, destaco aqui a participação do senador Marcelo Castro e todos os deputados federais. Sou grato aos senadores e os deputados que contribuem com o Piauí”, disse.

Até o 2º semestre deste ano, todos os 224 municípios do Piauí estarão ligados por asfalto. 

“Vamos inaugurar em breve o asfalto que chega na cidade de Pavussu, que é a cidade número 223. Recentemente, inauguramos ligação asfáltica em Domingos Mourão e Guaribas e vai ficar faltando para o 2º semestre deste ano, Morro Cabeça no Tempo”, destaca Rafael Fonteles.

Com os investimentos feitos por meio do PRO Piauí Rodovias, o Governo do Estado injeta recursos ajudando a economia suportar a crise causada pela pandemia do novo coronavírus, gerando emprego e renda para a população. 

“O PRO Piauí como um todo visa investimentos que ajudam a recuperar a economia. Depois de uma crise muito forte, o investimento público – que já tem um papel importante, se torna mais importante por poder alavancar o emprego e renda e induzir o setor privado a investir também logo depois”, pontuou o secretário.

O PRO Piauí Rodovias será executado pelo Departamento de Estradas de Rodagens do Piauí, Secretaria de Estado da Infraestrutura, Secretaria do Estado de Transportes, Instituto de Desenvolvimento do Piauí e Defesa Civil.

Além do governador Wellington Dias e do secretário Rafael Fonteles, a solenidade virtual contou com a presença dos secretários Osmar Junior (Governo), Hélio Isaías (Transportes); Janainna Marques (Infraestrutura); Geraldo Magela (Defesa Civil) e os diretores gerais do DER-PI, Castro Neto; e IDEPI, Leonardo Sobral.

“Sair de São Raimundo Nonato para Caracol, hoje, a gente faz em 40 minutos. São obras importantes. Vamos redobrar o nosso trabalho e vamos continuar gerando desenvolvimento e oportunidade de emprego”, disse Hélio Isaias.

A secretária Janainna Marques ressaltou a importância do PRO Piauí Rodovias. 

“É uma alegria participar desse programa tão importante para o estado. A Seinfra está preparada para colaborar com esse plano”, destacou.

O diretor geral do DER-PI, Castro Neto, falou sobre a grandiosidade do plano. 

“Não me recordo de um programa tão grande na área de estradas como esse. Agiremos em mais de 6.00okm só em restauração. É uma ação nunca vista no Piauí”, afirmou.

Leonardo Sobral, diretor do IDEPI, afirmou que o plano é audacioso. 

“É um plano realmente audacioso. São quase 800 milhões. Nossa equipe está comprometida em cumprir o cronograma de entregar toda a malha recuperada em 2021”, disse.

O secretário de governo, Osmar Junior, destacou que o PRO Piauí Rodovias demonstra o planejamento do estado. 

“Esse planejamento vai permitir recuperar as estradas e o cidadão vai poder acompanhar o trabalho do governo. É um exemplo de organização”, afirmou.

Os investimentos contam também com emendas dos parlamentares: senador Marcelo Castro, deputados federais Rejane Dias, Fábio Abreu, Átila Lira e Assis Carvalho, que havia destinado recursos antes de falecer.